Por quase duas horas o monitoramento de presos em Goiás ficou fora do ar

O motivo é o de sempre. O Governo de Goiás não pagou a empresa terceirizada que suspendeu o serviço. O Governo prometeu liberar duas faturas nesta terça-feira e com isso a empresa retomou o serviço. Porém, se o pagamento não for efetuado haverá nova suspensão do monitoramento das tornozeleiras eletrônicas.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Ouça a rádio mais alegre do Brasil!

PLAY

NOSSA EQUIPE

 

Luãn Henrique "Garotinho"

Editor

Marcione Barreira

Redação

Esportes

Error: No articles to display

Pesquisar